sábado, 10 de maio de 2014

Deck de Hoje: Gusto (Abril 2014 - Pós Primal)


E ai galera? Já faz um tempinho que não posto um Deck aqui pra vocês, porém finalmente consegui definir e recolher diversas informações para o objetivo final, e essa postagem irá falar sobre mais um ponto super interessante que a coleção Primal Origin traz pra nós, a Pilica, Descendant of Gusto.  


Estamos perto do lançamento da coleção Primal Origin, e grande parte dos jogadores (creio eu), já devem estar sabendo que teremos a presença de uma nova carta seguindo o nome do arquétipo Gusto, a Pilica, Descendant of Gusto (ou Pirika, Lineage of Gusto, ou até mesmo Piroka ou Pirikita para os íntimos), então nada melhor do que nos prepararmos parar compor Decks que usem de seu proveito, testando o potencial da carta, não é verdade? Então seguindo esse raciocínio, eu decidi parar e observar apenas Pilica e o arquétipo Gusto para encontrar formar interessantes de jogar, e nisso encontrei diversas variações bem legais e as vezes até imponente de se jogar com eles. Porém, postarei a que mais me agradou, e pretendo mais pra frente ir colocando as outras como um possível Tips To Rogue relacionado a essa postagem. Vamos a Deck List:


Psychic Gusto (Abril 2014 - Pós Primal Origin)



Monstros (18):

2x - Caam, Serenity of Gusto
1x - Esper Girl
2x - Gusto Egul
3x - Gusto Gulldo
3x - Pilika, Descendant of Gusto  
1x - Psychic Jumper
3x - Serene Psychic Witch
1x - Tempest, Dragon Ruler of Storms
2x - Winda, Priestess of Gusto 

Mágicas (12):

2x - Creature Swap
1x - Dark Hole
3x - Emergency Teleport
1x - Foolish Burial
3x - Mystical Space Typhoon
2x - Pot of Duality

Armadilhas (10):

1x - Bottomless Trap Hole
2x - Breakthrough Skill
3x - Call of the Haunted
1x - Compulsory Evacuation Deviace
1x - Icarus Attack
1x - Solemn Warning
1x - Torrential Tribute 

Extra Deck:

1x - Ally of Justice Catastor
1x - Armades, Keeper of Boundaries 
1x - Black Rose Dragon
1x - Daigusto Gulldos
1x - Daigusto Eguls
2x - Daigusto Sphreez
1x - HTS Psyhemuth
1x - Leo, the Keeper of the Sacred Tree
1x - Mist Wurm
1x - Scrap Dragon
1x - Stardust Dragon
1x - Thought Ruler Archfiend
1x - Leviair Dragon
1x - Totem Bird


A Estratégia e as peças fundamentais

Bom, a perspectiva e experiência na qual eu formei durante o tempo em que passei estudando e analisando esse arquétipo, é que Gusto não é algo que impõe força por si só dentro de campo e sim depende muito das ações que o oponente irá exercer sobre o desenrolar do jogo. Isso é bem simples de se perceber, e as vezes eu até falo que o arquétipo é daqueles que se caracterizam por ganhar força quando "apanham" do oponente (e como apanham, hein?!). 

Jogar de Gusto requer uma grande atenção e consciência de que um passo em falso ou uma jogada indesejável do oponente pode estragar toda uma estratégia, e olha que pra isso acontecer, não é bem difícil, pois os monstros podem ser facilmente driblados quando você enfrenta um oponente que tem conhecimento sobre esse tipo de mecânica. É claro que esse conceito pode ser usado por outros arquétipos, pois todos eles têm algum tipo de fraqueza, mas vamos lembrar que Gusto é uma tribo pacifica e por consequência, bastante frágil.     

Outro conceito que podemos idealizar, é que aqui, temos uma excelente defesa, se um Gusto morre, ele chama outro pra ajudar na proteção, e assim por diante. Esses recrutamentos, de certa forma, aceleram o Deck de forma considerável, mas é muito importante que o jogador saiba controlar isso corretamente, e nesse tipo de estrutura formada aqui em cima, esse elemento será extremamente fundamental, pois eu optei por não seguir um padrão generalizado que vejo muita gente usando, para tornar o Deck mais compacto e eficaz. Vamos entender as peças.


 
   
Seria impossível eu falar desses três separadamente, pois a fama do Deck Gusto de ser enjoado, não existiria se não fosse por essas três cartas. Se as cartas de Yu-Gi-Oh! não estivessem restritas a três cópias, os Decks e as Zonas de Monstros encontrassem ilimitadas, com esses dois, seria possível formar um "Loop Infinito" de chatice, quando levamos em consideração um grande número de monstros do oponente atacando. 

Quando Egul é destruído por batalha, eu posso invocar Winda a campo, e se ela for destruída da mesma forma, posso trazer outro Egul do Deck, que derivará em outra Winda e assim caminha essa humanidade. Já Gulldo entra para um caso geral de destruição, e pode trazer tanto Winda como Egul a campo. Winda pode trazer Gulldo também. 

Por esse tipo de analogia, penso que alguns de vocês devem estar se perguntando porque optei por usar apenas dois de cada, não é? Simples, a resposta está no pretexto de eu não almejar ter uma mão infestada de Gustos, as vezes um deles é o suficiente, e é muito mais importante que prevaleçam dentro do próprio Deck para que o tal recrutamento seja desempenhado corretamente, e para isso, eu não os quero em mãos. 

Eu testei variações com três de cada, e muitas vezes minha mão vinha com uma quantidade irregular de monstros Gustos e poucas das cartas que iriam me auxiliar a suportar os embates e ensaios de desarmes do oponente. Existe uma facilidade muito grande de se gerar cartas tecnicamente "mortas" na mão de um jogador de Gusto, então isso deve ser bem pensado.

Para completar, dificilmente o jogador adversário conseguirá um número muito alto de monstros (4 ou 5) quando o trabalho de controle é muito bem feito com as cartas Armadilhas do Deck.    

Mas essa redução não pode ocasionar prejuízos no Loop? Não, porque você não irá depender tanto dele como uma grande necessidade de defesa atualmente, e logo mais iremos entender o porquê disso. 

Do mesmo modo que Gusto é um arquétipo que dispõe de várias cartas para se fazer reciclagem dos monstros, como um determinado custo. Contudo, por incluírem condições bem ruins, não são todas que se adequam para uso, e nisso optei pela melhor carta para improvisar esse papel, Caam, Serenity of Gusto. 

Once per turn: You can shuffle 2 "Gusto" monsters from your Graveyard into the Main Deck; draw 1 card.

Primeiro por ser um monstro que pode ser caçado com o efeito do Gusto Egul.

Segundo porque seu efeito é acessível a todos os turnos e o jogador ganha uma compra de uma carta em adição ao utilizar. Isso, em contorno, equilibra o possível lado nocivo da reciclagem, lembrando alguns aspectos da Pot of Avarice e Daigusto Emeral.

Por último, em conjunto com os Tuners, temos a capacidade de explorar os monstros do Extra Deck, principalmente aqueles que estão na escala de níveis maiores (7 pra cima).

Eu sempre achei Caam a melhor carta de um Deck Gusto, e realmente ela faz muito bem a sua função, e sempre ponderei que deveria ser uma obrigação ter três cópias da mesma nesse tipo de esqueleto, entretanto, nos testes e preparações que fiz, entendi que se for usada corretamente, essa necessidade deixa de ser crucial. Seu efeito nesse Deck, não é acessível na Open Hand, então a redução não cai como algo ruim, pelo contrário.

Atualmente as coisas mudaram bastante, e o motivo para isso está nessa carta que esta aqui a direita, e nos vamos entender o motivo disso. Confiram o efeito:

Pilica, Descendant of Gusto

When this card is Normal or Special Summoned: You can target 1 WIND Tuner monster in your Graveyard; Special Summon that target in face-up Defense Position. Its effects are negated. If you activated this effect, you cannot Special Summon monsters for the rest of this turn, except WIND monsters. You can only use the effect of "Pilica, Descendant of Gusto" once per turn.

Como vocês podem ver, ela é um monstro que não apenas suporta os monstros do arquétipo Gustos, mas sim um repertório enorme de monstros WIND. Seu efeito é muito semelhante ao do Brotherhood of the Fire Fist - Spirit, servindo como um "Monster Reborn".

Mas pensando no arquétipo, o que ela faz de diferente para o Deck? Muitas coisas. Pilica tira o peso enorme da necessidade defensiva, e por decorrência torna a Caam menos emergencial.

Faz com que Emergency Teleport tenha uma extrema utilidade para mais de uma saída. Quando não tínhamos ela, a Quick Spell só tinha proveito em cima de Winda e Kamui.

O "para mais de uma saída" sugere fortemente a ligação que Pilica consegue ter com Daigusto Sphreez:

1 Tuner + 1 or more non-Tuner "Gusto" monsters
When this card is Synchro Summoned: You can target 1 "Gusto" card in your Graveyard; add that target to your hand. Your opponent takes any Battle Damage you would have taken frombattles involving a face-up "Gusto" monster you control. This card cannot be destroyed by battle.


Um dos Boss Monsters do arquétipo. Vamos lembrar que esse Synchro já possuía a capacidade de se revoltar fortemente e inspirar um Kamikaze aloprante e implicável para os pontos de vida do oponente em conjunto com os outros monstros Gustos.  Porém, não era algo tão fácil de se conseguir, dependia muito de um campo adequado. Contudo, com a chegada de Pilica, esse tal "campo adequado" se torna uma realidade fácil de atingir, porque a mesma é um "Monster Reborn" solucionável a partir de um efeito Trigger, e Gusto no Cemitério é o que não pode faltar.

Vamos exemplificar um OTK que essas cartas podem proceder no oponente, levando em consideração que o mesmo tenha um monstros de 3000 em campo (minimo para que o resultado seja favorável ao combo simples), e você um Gulldo no Cemitério:

- No seu turno, ative Emergency Teleport e traga Pilica a campo.
- Ative o efeito de Pilica e ressuscite Gulldo.
- Com ambos os dois em campo, faça Synchro Summon de Daigusto Sphreez.
- Ative o efeito do Sphreez pegando o Gulldo novamente para mão.
- Faça Normal Summon do Gulldo.
- Entre na Battle Phase, e ataque o monstro do seu oponente com Gulldo.
- Seu oponente perderá 2500 de Vida e seu Gulldo morrerá ativando seu efeito dentro da Damage Step.
- Traga a campo Gusto Egul.
- Ataque com Egul.
10º - Seu oponente perderá 2800 de Vida e seu Egul morrerá ativando seu efeito assim como Gulldo.
11º - Traga a campo Winda, Priestess of Gusto.
12º - Ataque seu oponente com Winda.
13º - Seu oponente perderá 2000 de Vida, Winda irá ser destruída, porém o efeito não resolverá.
14º - Por último ataque com a própria Daigusto Sphreez.
15º - Seu oponente perderá 1000 Pontos de Vida, resultando no golpe final que faltava para a resolução da vitória (2500+2800+2000+1000=8300).

Pena que esse OTK não sirva pra todo em qualquer Deck, pois necessariamente requer que o oponente tenha um monstro poderoso em campo, digamos assim. Mas tem como facilitar ou burlar? Sim, claro. Caso o jogador ache necessário, pode optar em usar a Kamui, Hope of Gusto e invoca-lá no lugar de Winda, e isso reduz o tamanho do ATK do monstro do adversário de 3000 pra 2800, o que não é grande coisa, e eu não recomendo, pois Kamui não tem a mesma sinergia com Call of the Haunted.  Alias, essa Trap Card ajuda muito nesse OTK, e nem preciso explicar o motivo.

Um meio de burlar é usando Lava Golem, todavia, considero isso uma baita de uma sacanagem "interessante", que certeza irá deixar seu oponente bem puto da vida (lá no fundo da alma). Problema do Lava Golem é que pode ser uma carta "morta" no decorrer do duelo, quando chega em um momento não muito correspondente, ou até mesmo nem funcionando dependendo do Deck que o oponente estiver empregando, como Bujin, Evilswarm, as vezes Fire Fist, Noble Knight e Constellar (esses dois últimos, ainda mais se estiverem usando Kaiser Colosseum). É claro que quando mais cópias forem usadas, maior a chance de te-lo em mãos logo no começo do duelo, mas puxar muitos de uma vez é ruim. O interessante é que Gusto não tem problema com a ocorrência de usarem o Lava Golem para atacar, já que são excelentes como um escudo, e isso pode apavorar seu oponente que estará recebendo dano do efeito Burn do monstrão. No entanto, ele pode ser uma forma de exiliar seu oponente a te derrotar.

Voltando a falar sobre a Sphreez, pelo simples fato dele ser indestrutível por batalha e reverter qualquer dano de volta ao oponente, já aconteceu de em alguns testes eu invoca-lo e meu oponente ficar desesperado para conseguir algum out o mais rápido possível e não ter. Eu alcancei algumas vitórias contra Bujins explorando o fato do Quilin já ter sido usado, e esse é um tipo de monstro que com certeza aparece rapidamente em jogo contra Gusto, foi algo muito ridículo. Esse é um dos benefícios que esse Synchro Monsters pode fornecer se usado na hora certa.

Trocando de Sphreez pra Pilica, temos um ponto ruim, mas que não é um grande motivo de preocupação. Quando Pilica usa seu efeito, o jogador não pode invocar durante o turno, outros monstros no campo, a não ser aqueles que sejam WIND. Isso é ruim sim, porém o Extra Deck está bem adaptado para que esse fator não constitua um obstáculo. Quase metade é constituído por monstros do atributo WIND, incluindo os Xyx Monsters, que são pensados totalmente para se usar em conjunto com Pilica.


A força Psychic 



A grande carta protagonista desse Deck, talvez possa ser considerada a Emergency Teleport, pois além de funcionar em conjunto com o lado Psychic dos Gustos (Pilica e Winda), permite a estrutura ter acesso a recursos Extras, como os múltiplos monstros do Tipo Psychic, mas é claro que nem todos são tão apropriados de tal modo. Então eu optei por escolher aqueles que eu realmente acho conveniente usar, e são exatamente esses três que estão acima.

Primeiramente Serene Psychic Witch, funciona quase como um Gusto, e tem o papel de rodar algumas cartas Psychic do Deck, como a própria Pilica, Caam e Winda, mas tolerando um pouco esse lado, irei falar sobre a sua forte ligação com Esper Girl e Psychic Jumper.

Quando Serene é destruída e enviada para o Cemitério, não importa qual seja a forma, eu posso banir um monstro do Tipo Psychic do Deck com menos de 2000 de ATK. Ao entrar na próxima Standby Phase, faço Special Summon do monstro banido por este efeito, algo bem simples se pensar bem. Ai é que entra a Esper Girl, pois quando ela é invocada especialmente da "Zona de Remoção", removo uma carta do Topo do meu Deck virada para baixo, e se Esper for enviada do campo para o Cemitério após a resolução do primeiro efeito - incluindo por Synchro Summon, Tribute Summon ou qualquer outra forma (menos como Material de Xyz, claro) - adiciono a carta removida para mão. É um contorno para se acelerar um pouco mais o Deck.

Alias a tal da "forte ligação" se dá muito mais a Esper Girl do que Jumper, na qual só está no Deck para ser diferencial e algo extremamente chato, quase que um elemento surpresa (o Creature Swap versão monstro). Eu até pensei em deixa-lo de lado para usar duas Esper Girl, mas uma vós na minha consciência disse para não fazer, e se alguém preferir essa ideia, beleza, sem problema nenhum.

Só que ambos os monstros, Esper e Jumper, são muito ruins na mão. Como eu odeio quando compro um deles..., e depois irão ficar dependendo de um Normal Summon, isso atrapalha muito, por esse motivo não recomendo que usem um total que de mais que dois - escolhe, ou 1x Psychic Jumper e 1x Esper Girl, ou 2x Esper Girl - não ultrapasse essa barreira de jeito nenhum.


O Dragon Ruler 

Esse cara aqui foi uma decisão meio complicada, por diversos motivos. Iniciando pelo fato de seu efeito de Special Summon ter um custo chato de remover os monstros WIND do Graveyard ou dá mão, uma tática reversiva para Gusto.

E os outros dois efeitos dele busca um monstro do Tipo Dragon para mão, porém, são inexistentes nesse Deck, porque nenhum outro monstro Dragon iria realmente ajudar em algo consideravelmente importante. Debris Dragon iria funcionar com o que? Todos os alvos são Tuners. Darkspear? Pra que? Alias, não tem muita utilidade usar o efeito de buscar um Dragon do Deck, a não ser que eu usasse o Gusto Griffin, e por isso decidi deixar de lado essa incógnita. Resumindo o efeito, ele ficará assim: 

If this card is in your hand or Graveyard: You can banish a total of 2 WIND and/or Dragon-Type monsters from your hand and/or Graveyard, except this card; Special Summon this card. During your opponent's End Phase, if this card was Special Summoned: Return it to the hand. You can discard this card and 1 WIND monster to the Graveyard; add 1 Dragon-Type monster from your Deck to your hand. If this card is banished: You can add 1 WIND Dragon-Type monster from your Deck to your hand. You can only use 1 "Tempest, Dragon Ruler of Storms" effect per turn, and only once that turn.

Tempest só servirá para aumentar o potencial ofensivo e para trazer alguns monstros do Extra Deck, pois faz Synchro Level 10 com Gulldo (Leo, the Keeper of Sacred Tree) e Level 8 com Egul (Stardust Dragon, Thought Ruler Archfiend e Scrap Dragon). Seria muito legal se tivesse um Synchro Level 9 para dois Materiais com um efeito um pouco melhor.     

A Foolish Burial pode servir tanto para colocar um Gusto no Cemitério (Gulldo), como para acionar o Tempest no jogo, mais ou menos parecido com o que as vezes fazem com o Genex Undine no Deck Mermail/Atlantean, em algumas ocasiões. 

O uso do Leviair Dragon (que por sinal é WIND e muito fácil invocar) ameniza um pouco o seu lado ruim.

Uma coisa que é muito importante ressaltar, é que esse monstro deve ser apenas usados nos momentos certo, é um monstro que tem seu próprio tempo e requer uma dosagem para que não atrapalhe muito o arquétipo Gusto de funcionar corretamente.


Mágicas

No que se diz respeito as cartas mágicas, não temos nenhuma grande super novidade. No máximo a Foolish Burial que é uma assistência para Pilica, e um meio de encontrar Tempest mais rapidamente. Pode ter uma leve jogadinha combinada com Call of the Haunted, mas nada muito relevante para se destacar.

Creature Swap, como muitos devem saber, é uma carta que funciona muito bem com Serene, Gulldo e Egul (Winda não), e tomar posse dos monstros do oponente é muita safadeza. Quebra aquele Leo, the Keeper of Sacred Tree, Sacred Noble Knight of King Artorigus todo equipado, Bujin Yamato, Mecha Phantom Beast Dracossack e diversas outras cartas, já que não faz nenhum tipo de target. Muito bom para se usar contra Deck que usam Kaiser Colosseum, como o próprio Bujin e Noble Knight.


Armadilhas

Grande parte das cartas são as tais Staples que são presentes em grande parte dos Decks hoje em dia, e aqui está a já citada várias vezes, Call of the Haunted, uma carta muito importante e boa para se usar com praticamente todos os monstros existentes no Deck. Ela ajuda muito no combo OTK Creio que não preciso repetir mais coisas.

Uma carta bem diferente é a Icarus Attack que escolhi usar por causa da circulação de monstros Winged Beast, mas como sei que tributa-los não é muito bom e que são apenas quase 1/3 dos monstros, uma cópia é mais do que suficiente. É uma forma de somar o controle de campo servindo como uma quarta ou quinta Mystical Space Typhoon ou um meio de tirar alguns monstros do campo.


Metagame

Para jogar dentro do Metagame, Gusto possui diversas limitações e até mesmo falta de engrenagens que te permitam jogar de igual para igual com outros Decks. A melhor forma para envolver o Gusto em uma competição, é fazendo o que conhecemos como Metacall. Vamos levar em consideração algumas coisas que podem ser colocadas no Gusto para enfrentar o repertório atual de Meta Decks, tanto em Main Deck e Side Deck:

- Cartas para desequilibrar o Search Power do oponente: Mind Crush, Thunder King Rai-Oh, Mistake.

Gusto não tem problemas com esses tipos de cartas, pois o arquétipo em si não tem cartas que façam algum tipo de busca, com exceção da Pot of Duality, que nesse meu Deck foi encaixada. Esses tipos de cartas são muito boas contra Bujins, Fire Fists, Fire Kings, Constellars, Madolches e as vezes até mesmo contra Mermails.

- Cartas para bloquear jogadas que envolvam Cemitério: The Transmigration Prophecy, D.D. Crow, Ally of Justice Cycle Reader, Debunk e Sealing Ceremony of Raiton.

Essas cartas ajudam contra Bujins, variações de Dragon Rulers, Lightsworns, Dark Worlds, Artifacts, Shadolls e Fire Kings.  

- Cartas que influenciam no Atributo/Tipo: Light-Imprisoning Mirror, Shadow-Imprisoning Mirror, DNA Surgery, Zombie World.   

Light-Imprisoning Mirror é muito interessante contra Lightsworns, Artifacts, Bujins, Constellars, Stellaknight e Hieratics. Shadow-Imprisoning Mirror serve para o atributo oposto, e afeta Blackwings, Evilswarms, Zombies, Shadolls e Dark Worlds. DNA Surgery e Zombie World são muito boas contra Bujin, Geargia e Fire Fist, e não afeta negativamente ao Gusto.

- Cartas para controle de Special Summon: Maxx "C" e Black Horn of Heaven.

Maxx "C" é muito boa para se usar contra variações de Dragon Rulers (Hieratics, Mythics), Mermails, Geargias/Karakuris, Madolches, Sylvans, Zombies, Fire Fist (Axis 3) e etc. Black Horn of Heavn funciona muito bem contra Hieratic Ruler, Evilswarm, Constellar, Zombies e etc.  

- Cartas para se usar contra outras cartas em campo: Dust Turnado, Twister, Icarus Attack, Spiritual Wind Art - Miyabi, Wiretap, Trap Stun.

Essas cartas aqui vão depender muito da forma como o Deck do oponente se converte. E serve para um contexto geral. 

É super ideal que o jogador saiba adaptar o Main/Side Deck de acordo com aquilo que mais lhe desafia. A Deck List que eu preparei não é ruim, ela só leva em consideração um principio generalizado, como uma boa Build básica para se sair jogando, não projetando sair para enfrentar tais Deck. Porém, eu considero não seja tão fraca e nem tão forte, esta entre padrão de equilíbrio. É muito importante que o jogador saiba o que está fazendo e controle muito bem suas ações. Eu mesmo consegui vencer Geargia/Karakuri, Bujin, Blackwing, Bandit Ruler e Lightsworn. Não foi fácil, mas consegui. 

Ao contrário disso, descobri que é muito ruim o matchup contra Mermail, Constellar, Fire Fist e Prophecy. Acredito que se uma adaptação for feita com extrema analise e precisão, talvez o matchup torna-se mais favorável, mas dentro de um resultado geral, creio que não fui nada mal nessa etapa de testes.

O que não fazer na hora de adaptar o Deck Gusto para um jogo ou torneio, tanto sideando como na pré construção geral (Deck Building)?

- Usar cartas de remoção como Macro Cosmos e Dimensional Fissure.
- Usar cartas que negam efeitos no Cemitério, como Soul Drain. 
- Remover as cartas de reciclagem, como Caam, Serenity of Gusto.
- Querer forçar jogadas incapazes, como por exemplo, elaborar um combo esquecendo que Gulldo é um Trigger opcional formado por When+you can, e por isso está apto a perder seu tempo de ativação (Miss the Timing), caso não seja a última coisa a resolver na chain. 
- Colocar carta de reciclagem em excesso e acaba se matando no próprio duelo por isso.

Esses são alguns dos erros que eu possa considerar mais comuns. Fique atento a isso, Gusto precisa de uma estruturação para dar certo.

Considerações finais

Como eu disse lá em cima, eu foquei fortemente em criar um Deck Gusto compacto e funcional, tendo como grande peça, a Pilika, Descendant of Gusto, uma carta nova muito interessante que será um reforço em tanto para o arquétipo e repertório WIND por completo. Estive preparando essa Build desde quando já tinha terminado a postagem sobre Scrap, então demorei um bom tempo pra definir e mexer bastante, objetivando algo bem feito e interessante. 

É muito importante entender como um arquétipo funciona, para filtrar aquilo que ele tem de ruim, e permanecer com grande parte daquilo que ele apresenta de bom de acordo com as suas características. Não expliquei o Extra Deck, porque não tem muito segredo, tirando Totem Bird, que foi uma opção curiosa a ser encaixada, por parecer interessante para um Rank 3 WIND, e é quase um Evolzar Laggia inferior, que poder ser muito útil em certas situações nos duelos. Só cheguei a usar uma vez contra um Bujin, e foi bem até, negando uma Forbidden Lance que iria matar meu monstro. O Extra Deck em si, fica muito a escolha de quem está jogando.   

Não esquecendo, o motivo de não estar usando Soul Charge, é pelo fato de muitas vezes acontecer de não ter muitos alvos no Cemitério por causa de Call of the Haunted e Caam, então não cria um grande sentido em usa-lá. Mas para quem quiser testar com as próprias mãos, pode tentar a vontade. 

Pretendo estar trazendo para vocês outras Builds que montei, mas como um Tips to Rogue, e iniciei a preparação e treinamento do meu próximo Deck de Hoje, então fiquem no aguardo. Gostaria de agradecer a alguns membros e amigos do clã God of Death por ajudar em alguns testes e opiniões. 

Para encerar, deixo um vídeo feito pelo Canal YGOPRO OTKs, de um Gusto OTK bem Hardcore, com Royal Decree e tudo mais. Confiram:



Muito obrigado a todos, abraços, e até a próxima.
Felipe Leonel - Kaos
Comentários Facebook
7 Comentários

7 comentários:

Marcio disse...

Gusto Meeeeeeeeehhhhhh >.>'

Anônimo disse...

Parabens pelo post, mesmo não gostando do arquetype, é bom saber como funciona a sua mecânica caso não sermos pegos desprevenidos por um player desses.

No mais, seria legal fazer um post pros monarcas. Estes estao vindo com tudo.

Bruno Gabriel disse...

Foda, parabens pela postagem

White Knight disse...

Muito bom o deck! Eu só trocaria o Tempest por MSF, Ultimate Axon salva duelos

Álvaro Goudinho disse...

Até agora o #DeckDeHoje é o melhor quadro do blog pós modernização.
Muito bom o post, explicou de cabo de rabo como os gustos funcionam.
Mas será que a Pirika vai vir no Primal TCG mesmo????

João disse...

Muito bom.

Felipe Leonel disse...

Vai sim, o nome dela agora é Pilica, Descendant of Gusto, nome TCG do Primal Origin, não existe nenhuma dúvida para isso.

Yu-Gi-Hoje!
Design por: Felipe Leonel - Tecnologia do Blogger
Copyright © 2015
Todos os direitos reservados
imagem-logo