sexta-feira, 21 de março de 2014

Deck de Hoje: Olion Karakuri


E ai galera, tudo bom? Essa postagem de hoje, tem como objetivo trazer alguns Decks inusitados criados ou reforçados pelos redatores do Blog, e bom, se tinha uma série de postagem com esse objetivo já, considerem isso como uma renovação, caso contrário, espero que vocês curtam a nova ideia. O primeiro Deck que trago pra vocês, é a mistura dos Mecha Phantom Beast com Karakuri, dando uma grande utilidade para o recente monstro lançado no OCG, Mecha Phantom Beast Olion, confiram só.


Primal Origin é uma coleção que muitos de nós jogadores esperamos o  lançamento aqui no TCG, porque todo mundo já foi muito bem informado que diversas cartas novas suportarão um variado número de arquétipos, e dentre eles, teremos uma carta nova para Mecha Phantom Beast, que geralmente é conhecido pelo seu monstro Boss, Dracossack. Esse novo monstro é o Mecha Phantom Beast Olion, que a principio, tem um efeito muito interessante, mas como diversos monstros que chegam por ai, já vi muita gente reclamar dizendo que ele "podia ser melhor", de certa forma, eu concordo, mas por outro lado, ele não é tão ruim assim. Eu encontrei um bom meio de fazer com que esse monstro torne-se uma peça muito forte no Deck, e como ele é Tuner, eu optei por criar uma bela sinergia com os monstros Karakuri. 

Vamos a Deck List:



Monstros (18):

3x - Karakuri Barrel MDL 96 "Shinkuro"
1x - Karakuri Strategist MDL 248 "Nishipachi"
1x - Karakuri Watchdog MDL 313 "Saizan"
2x - Mecha Phantom Beast Harrliard
3x - Mecha Phantom Beast Megaraptor
3x - Mecha Phantom Beast Olion
2x - Mecha Phantom Beast Tetherwolf
3x - Solar Wind Jammer

Mágicas (10):

1x - Foolish Burial
2x - Mystical Space Typhoon
1x - Sacred Sword of Seven Stars
3x - Scapegoat
3x - Upstart Goblin

Armadilhas (12):

2x - Aerial Recharge
1x - Bottomless Trap Hole
1x - Compulsory Evacuation Device
3x - Fiendish Chain
2x - Mirror Force
1x - Raigeki Break
1x - Solemn Warning
1x - Torrential Tribute
   
Extra Deck:

1x - Black Rose Dragon
1x - Crimson Blader
2x - Karakuri Shogun MDL 00 "Burei"
3x - Karakuri Steel Shogun MDL 00X "Bureido"
1x - Leo, the Keeper of the Sacred Tree
1x - Star Eater
1x - Stardust Dragon
1x - Divine Dragon Knight Felgrand
2x - Mecha Phantom Beast Dracossack
1x - Number 11: Big Eye
1x - Number 42: Starship Galaxy Tomahawk   


Inicialmente, as características apresentada por esse Deck são, agressividade e velocidade em conjunto com um bom controle de jogo também, e isso será imposto a partir de seus diversos combos. Irei apresentar os pontos positivos e negativos desse Deck. Mas antes, vamos entender as peças:

Mecha Phantom Beast Olion
(Machine/Tuner)

You can banish this card from your Graveyard; Normal Summon 1 "Mecha Phantom Beast" monster from your hand as an additional Normal Summon. While you control a Token, this card cannot be destroyed by battle or card effects. If this card is sent to the Graveyard: You can Special Summon 1 "Mecha Phantom Beast Token" (Machine-Type/WIND/Level 3/ATK 0/DEF 0). You can only use this effect of "Mecha Phantom Beast Olion" once per turn.

Como vocês podem ver, esse monstro quando é enviado para o Cemitério, traz um Token Level 3 a campo, e pra melhorar, a capacidade de bani-lo para fazer um Normal Summon adicional é incrível. Isso automaticamente torna-o muito bom em conjunto com Foolish Burial, pois Olion não especifica o lugar de onde ele deva ser enviado para o Cemitério, então, tanto faz se for da mão, Deck ou campo. Foolish é um meio de acesso rápido a grande parte desses efeitos. Mas em contra partida, pensando por um lado negativo da coisa, puxar uma ou mais cópias desse monstro na mão, pode ser algo ruim até, visto que o arquétipo não apresenta facilidade para trazer monstros da mão pro campo, e envia-lo da mão para o Cemitério requisitaria a ajuda de cartas paralelas, que necessariamente não são tão sinérgicas assim.

Então, pensando pelo seu lado Tuner de ser, e além disso, o fato de ser Machine também, me fez pensar que ter essa carta em mãos, pode ser sim uma vantagem, e um meio de trazer os monstros Synchro Karakuri, que consequentemente, irão acelerar meu Deck, apresentando para o meu oponente, uma agressividade e vantagem. Buscando encontrar o Synchro Summon rápido, eu percebi que o uso de um monstro Level 5 Machine seria interessante pra fazer um Synchro Level 7,  e temos bons exemplos de monstros assim, como Cyber Dragon e principalmente Solar Wind Jammer


Solar Wind Jammer

If you control no monsters, you can Special Summon this card (from your hand), but its original ATK and DEF become halved. During each of your Standby Phases: Increase the Level of this card by 1. There can only be 1 "Solar Wind Jammer" on the field.

Esse monstro é semelhante ao Photon Thrasher, pois entra de olhos fechado no campo, porém, é Machine e Level 5, e em contra partida, tirando esses fatores, não presta pra muitas outras coisas, a não ser pelo lance de ser aquele cara que finalizará o meu objetivo de conseguir o tão desejado Synchro Level 7 inicial.

Solar Wind Jammer junto com Mecha Phantom Beast Olion dará inicio aos combos mais poderosos do Deck. Sigam os combos abaixo, baseado em uma mão com ambos os monstros e nenhum Karakuri em mãos.

- Faça o Special Summon do Solar Wind Jammer.
- Faça o Normal Summon do Mecha Phantom Beast Olion.
- Com os dois monstros, faça o Synchro Summon do Karakuri Shogun MDL 00 "Burei".
- Após o Summon do Burei, resolva o efeito do Synchro primeiro, trazendo Karakuri Watchdog MDL 313 "Saizan" a campo, e logo em seguida, resolva Olion, trazendo um Token para o campo.
- Com o Token e o Tuner em campo, faça outro Karakuri Shogun MDL 00 "Burei".
- Após o Summon, traga Karakuri Barrel MDL 96 "Shinkuro".

Chegando nessa parte, você terá dois Karakuri Shogun MDL 00 "Burei" em campo, isso te permite seguir para dois caminhos diferentes. O jogador pode optar por fazer Mecha Phantom Beast Dracossack, assim como também pode dar continuidade ao grande combo do Deck, trazendo Number 42: Starship Galaxy Tomahawk. Baseando-se na segunda opção, temos:

- Com os dois Karakuri Shogun MDL 00 "Burei" no campo, faça o Xyz Summon do Number 42: Starship Galaxy Tomahawk em Posição de Defesa.
- Ative seu efeito, trazendo a campo, exatamente três Tokens Level 6 a campo.

Detalhe galera, quando usar o efeito do Number 42: Starship Galaxy Tomahawk, o oponente não receberá nenhum dano por batalha no turno. Portanto, tomem cuidado para não fazerem besteira.

9º - Com o Tuner Karakuri Barrel MDL 96 "Shinkuro" e um Battle Eagle Token, faça o Synchro Summon do Karakuri Steel Shogun MDL 00X "Bureido".
10º - Ative o efeito do Bureido, quando Summon, e traga outro Karakuri Barrel MDL 96 "Shinkuro".
11º - Repita o processo das duas etapas anteriores duas vezes.
12º - No último Bureido do Extra Deck trazido a campo, faça  Special Summon do Karakuri Strategist MDL 248 "Nishipachi".
13º - Quando Nishipachi entrar em campo, resolva seu efeito, deixando-o em Posição de Defesa.
14º - Como consequência do passo anterior, compre uma cartas pra cada Bureido no campo, totalizando três cartas.

Caso o jogador ache necessário, ele pode optar por usar o efeito do Nishipachi em um monstro do próprio oponente, porém, não serão feitas as três compras adicionais.

O décimo quinto passo, vai depender da necessidade e escolha do jogador. Tanto pode ser encerrado o turno no décimo quarto passo, ficando com três Karakuri Steel Shogun MDL 00X "Bureido", Number 42: Starship Galaxy Tomahawk em Posição de Defesa com seus 3000 Pontos e um Tuner Nishipachi, como também, o jogador pode optar por fazer um Star Eater e/ou Divine Dragon Knight Felgrand dentro do passo 15.
  
Vamos lembrar que no encerramento do décimo primeiro passo, o jogador também tem a escolha de apenas trazer um Stardust Dragon ou Crimson Blader no lugar do último Karakuri Steel Shogun MDL 00X "Bureido", porém, não resultará em nenhuma compra.

Voltando ao sexto passo, o jogador, pode claramente optar por alguns outros combos. Pensando na possibilidade de existir um Mecha Phantom Beast Level 4 em mãos, um deles é o seguinte: Quando o jogador fizer o Synchro Summon do Karakuri Shogun MDL 00 "Burei" no passo 5, em vez de trazer Karakuri Barrel MDL 96 "Shinkuro" no passo 6, a opção é invocar o Karakuri Strategist MDL 248 "Nishipachi". Logo em seguida, faça o Dracossack com os dois Burei no passo 7. Como passo 8, ative o efeito do primário do Mecha Phantom Beast Olion, e traga o Mecha Phantom Beast Level 4 como Normal Summon adicional. No passo 9, ative o efeito do Dracossack, trazendo dois Tokens a campo.

Parando nesse ponto, temos a possibilidade de pensar em uma outra jogada para o passo 10, dependendo do Mecha Phantom Beast Level 4 que entrar em campo. As opções são:

  • Mecha Phantom Beast Megaraptor: O jogador pode tributar um Token e buscar um Mecha Phantom Beast do Deck para mão. E logo em seguida fazer o Synchro Summon do Leo, the Keeper of the Sacred Tree, usando ele e o Nishipachi como Materias de Synchro. Resultando em um forte campo com Dracossack.
  • Mecha Phantom Beast Tetherwolf: Nesse caso, a única escolha do jogador é fazer Synchro Level 10.
  • Mecha Phantom Beast Harrliard: Com Harrliard, o combo pode ser totalmente diferente do de cima. Aqui, o jogador pode tributar um Token e trazer por Special Summon outro Mecha Phantom Beast Level 4 da mão, caso tenha. Nisso, o jogador terá a possibilidade de fazer um segundo Mecha Phantom Beast Dracossack, que também complicará muito a vida do oponente. Só que nessa situação, o Tuner ficará morto em campo, já que exatamente esse Deck que criei, não apresenta Synchro Level 5 ou 6 para se invocar com o Tuner e um dos Tokens dos Dracossack. 
  • Mecha Phantom Beast Olion: Aqui, a coisa se torna algo mais complexo ainda. Nesse caso, basicamente, a mistura de Olion com dois Tokens do Dracossack resulta em um Synchro Level 8, e com a presença do Tuner Karakuri Nishipashi, dá pra evoluir esse Pokemon pra um Synchro Level 11, e caso não seja o Nishipachi, e sim o Shinkuro, o Level 10 se torna uma opção. 

Em tese, o Synchro Level 8 já poderia ser feito, caso o Shinkuro estivesse em campo, sem a necessidade de fazer um double Normal Summon com o Olion no Cemitério. E se eu tivesse um terceiro Karakuri Shogun MDL 00 "Burei", daria pra tentar diversos outros combos. Enfim, eu optei em usar apenas dois, porque o Extra Deck é extremamente apertado e muita coisa teve que ficar de fora.

Ok, estou esquecendo de alguma coisa? Acho que sim. Bom, vou falar sobre os outros monstros individualmente. Começando por:

Mecha Phantom Beast Megaraptor

When a Token(s) is Special Summoned to your side of the field: Special Summon 1 "Mecha Phantom Beast Token" (Machine-Type/WIND/Level 3/ATK 0/DEF 0). You can only use this effect of "Mecha Phantom Beast Megaraptor" once per turn. This card's Level is increased by the total Levels of all "Mecha Phantom Beast Tokens" you control. While you control a Token, this card cannot be destroyed by battle or card effects. Once per turn: You can Tribute 1 Token; add 1 "Mecha Phantom Beast" monster from your Deck to yourhand.

Como eu já falei anteriormente, basicamente, o papel do Megaraptor é buscar outros Mecha Phantom Beast do Deck para mão, e o melhor, ele não especifica nenhum determinado Level. Outra coisa que eu possa considerar relevante nele, é o fato de ter consideráveis 1900 de Ataque. Com isso dá pra bater em muito bicho por ai, e como a grande maioria dos Mecha Phanton Beast se protegem de destruição quando unidos com Tokens, dá pra criar um proveito e tirar aquele Thunder King Rai-Oh desgracento, por exemplo. Vamos lembrar que esse mesmo bicho, é um grande problema para o Megaraptor.

Tem um combinho básico com o Olion e Aerial Recharge, que consiste em trazer dois Tokens, a campo. Pelo Olion, Foolish Burial será o caminho.  Além disso, o carinha aqui em baixo também faz a mesma coisa. Isso com certeza ajuda na busca de outros Mecha Phantom Beast.

Na minha opinião, três cópias desse monstro no Deck, é praticamente uma obrigação, porque é simplesmente o Searcher que o Deck possui, além de ser um meio de trazer Dracossack no campo, quando em conjunto com os dois próximos monstros abaixo. Tá certo que Raptor é um monstro lento, passa longe de garantir a mesma qualidade que um Bujin Yamato apresenta, mas o seu papel é super importante.


Mecha Phantom Beast Tetherwolf

When this card is Normal Summoned: Special Summon 1 "Mecha Phantom Beast Token" (Machine-Type/WIND/Level 3/ATK 0/DEF 0). This card's Level is increased by the total Levels of all "Mecha Phantom Beast Tokens" you control. While you control a Token, this card cannot be destroyed by battle or card effects. During the Damage Step of either player's turn, if this card battles an opponent's monster: You can Tribute 1 Token once per battle; this card gains 800 ATK, until the End Phase.

Olhando apenas para ele em si, sem pensar no conjunto do arquétipo, Tetherwolf é um Beater de primeira linha. Consegue bater até 2500 facilmente. Agora, olhando para o conjunto, Tetherwolf é o irmão (ou qualquer definição semelhante) do Megaraptor. A sinergia entre eles é muito boa, pois quando um acompanha o outros teremos acesso ao Xyz Rank 7 ou 10 com muita tranquilidade. Mas, como eu disse anteriormente, o arquétipo não tem muita facilidade de descer dois Mecha Phantom Beast em um turno, com tanta precisão assim não. Talvez seja até por esse motivo que o Olion tenha sido criado. 

Vamos lembrar que o Tetherwolf quando invoca um Token no campo diante do Normal Summon, mata qualquer possibilidade de Bottomless Trap Hole e Torrential Tribute prejudica-lo, isso é muito troll. E se o Megaraptor já estiver em campo, esse cara aqui será um bom meio de disparar o primeiro efeito do Raptor também, assim acumulando dois Tokens, que consequentemente, poderão ser usados como custo do efeito do Raptor para buscar um Mecha Phantom Beast e gerar um Xyz Rank 7 (Dracossack). 

Uso duas cópias apenas, creio que ficar puxando ele na mão, possa atrapalhar os principais combos do Deck, sem contrar que é um monstro lento e de quebra, é buscável por Megaraptor, então não tem essa grande necessidade.   

    
Mecha Phantom Beast Harrliard 

Once per turn, when a monster(s) you control is Tributed to activate a card or effect other than this card's: Special Summon 1 "Mecha Phantom Beast Token" (Machine-Type/WIND/Level 3/ATK 0/DEF 0). This card's Level is increased by the total Levels of all "Mecha Phantom Beast Tokens" you control. While you control a Token, this card cannot be destroyed by battle or card effects. Once per turn: You can Tribute 1 Token; Special Summon 1 "Mecha Phantom Beast" monster from your hand.

Esse cara aqui é o recrutador do arquétipo. Sua função é trazer um Mecha Phantom Beast da mão pro campo, sem especificar nenhuma restrição de Level. E o resultado disso, uma das opções de monstros Xyz Rank 7 que o Deck possui. Infelizmente, eu não consegui achar espaço pra Xyz Rank 4, que também é muito bom para o Deck, já que existe o Gear Gigant X. 

Ele faz um combo muito interessante com Megaraptor. Suponhamos que já tenhamos alguns Token sem campo, que vieram por Scapegoat. Faço o Normal Summon do Harrliard, tributo esse suposto Token e trago Megaptor a campo. Ativo o efeito do Raptor pra buscar um Mecha Phantom Beast, e nisso, ao tributar o Token como custo do mesmo, automaticamente o Harrliard irá recompor esse custo para que o Xyz seja preservado. 

Uso apenas duas cópias, e creio que também é possível rodar só um. O motivo disso, é o fato de não ser um monstro bom pra Open Hand, ficando melhor te-lo a partir do segundo turno, já que a possibilidade de um Scapegoat bem resolvido trazer diversos Tokens a campo é bem grande. Harrliard ao mesmo tempo que é bem parecido com Legendary Six Samurai - Kageki, também é muito distinto, por não ser tão gratuito como o Samurai. Eu considero a Scapegoat como a melhor companheira para se ativar o efeito do Harrliard. E o Raptor busca com tranquilidade o Harrliard.

Eu exclui os outros Mecha Phantom Beasts por apresentarem um pouco mais de inconsistência do que esses que eu já estou usando. Já não basta não basta os malefícios disso tudo, eu ainda tenho mais isso aqui:



Os três Tuners são super importantes para esses combos todos, mas garanto que puxa-los é algo frustante. Então logicamente que eu optei usar o minimo que era possível de cada um. São exatamente cinco Karakuris no Deck inteiro. O Shinkuro é o único que obrigatoriamente eu tive que rodar três cópias. Tá certo que o Deck trabalha com Tokens muito bem, então fazer um Synchro a partir de um Normal Summon de um desses monstros, não é tão ruim, mas o problema fica por parte de não ter um repertório muito completo de opções para Synchro Summon no Extra Deck, como Level 4, 5, 6 e 9. E vai acontecer as vezes, de ter essa certa necessidade, então o jogador terá que saber ter paciência para fazer as jogadas quando isso acontecer. Saizan e Shinkuro fazem uma porrada de jogadas dentro do combo do Deck, e o Nishipachi irá fornecer Hand Advantage para o jogador.

Mágicas

Upstart Goblin está muito em moda ultimamente, e não é por motivo desconhecido ou aleatório não. A carta agiliza o Deck. Rodar Upstart Goblin, teoricamente é a mesma coisa que ter uma carta a menos, e como eu uso três dela, dentro desse conceito, posso considerar que jogo com 37 cartas no meu Main Deck, e isso ajuda nas probabilidades de eu conseguir aquilo que eu quero puxar.

Olion Karakuri não é um tipo de Deck que eu considero muito bom ficar puxando muitas cartas antes dos combos serem realizados, porque os Karakuri Tuners são muito ruins na mão, mas em contra partida, eu preciso de Solar Wind Jammer e Olion para aplicar o combo certo o mais rápido possível. Então, Upstart é uma boa carta para se usar,  e cai melhor que Pot of Duality por não travar meu Special Summon, já que meu Deck depende muito disso. 

O fato de dar Pontos de Vida pro meu oponente não é um real problema, porque o Deck trabalha muito fácil com monstros com alto poder de ataque.


Sacred Sword of Seven Stars é outra carta com função de acelerar o Deck. Ela funciona em praticamente com todos os monstros Mecha Phantom Beast do Deck, menos o Olion. Isso porque todos eles ficam facilmente com Level 7, então a condição aqui passa longe de ser um problema. Se eu quiser, posso até usar os monstros Synchros Level 7. 

O ruim é que a carta está Limitada, então só dá pra rodar uma cópia, mas até que isso não é um total problema, porque eu já deixei claro que eu não quero puxar os monstros Karakuri. 

Após o combo ter sido executado, eu já vejo uma grande força em cartas de compra no Deck, porque do mesmo jeito que eu não quero puxar os monstros Karakuri, conseguir o controle de jogo a partir das Trap Cards que o Deck possui, é muito importante e pode ser muito decisivas. 



As duas cartas acima, Scapegoat e Aerial Recharge resolvi falar delas em conjunto, porque ambas tem a mesma função, que é gerar Tokens no meu campo, e assim eu poder usufruir dos efeitos dos Mecha Phantom Beast. Basicamente é isso. É claro que eu posso ativar elas para não receber certos ataques diretos, mas não sei se isso é muito vantajoso assim não. Dentro desse Deck, os Tokens conseguem fazer a função de um Forbidden Lance/Dress por exemplo, então ter algo que crie eles para mim, é muito importante. Fora que eu posso usar os Tokens para trazer monstros Synchro.

Duas cópias de Aerial Recharge é o suficiente, porque, apesar de ser muito boa, é uma Trap, portanto não é uma carta com ação imediata, do mesmo jeito que pode ser facilmente ser alvo de Mystical Space Typhoon e uma porrada de cartas que estão usando para destruir S/T. Já Scapegoat, além de ser Quick Spell Card, traz 4 Tokens de uma vez, e isso para esse arquétipo é algo muito bom, nem preciso explicar o porque disso. Uso três cópia pelo fato de querer te-la em mãos na Open Hand. E concordo que é uma carta que tem grande chance de ficar morta em um duelo, porém já tentei rodar apenas duas cópias, mas muitas vezes acontecia de eu precisar de algo que gerasse Token para disparar os efeitos, e não ter nada. A Scapegoat faz uma diferença enorme quando é ativa com sucesso.

 Staples

        

            

Tirando Raigeki Break, as outras cartas estão em grande partes dos Decks existentes por ai, então nem preciso entrar em detalhes sobre elas. No caso da Raigeki Break, ela entra no Deck como uma terceira Mystical Space Typhoon que ativará o possível efeito do meu Olion, ou tirar qualquer carta morta da minha mão. Alias, Mecha Phantom Beast consegue jogar sem Mystical Space Typhoon, mas pra esse formato, eu considero essa carta muito importante, por termos cartas como Fire Formation-Tenki por ai, aquele campo das Harpie e tal. Além de ser uma carta que irá assegurar mais o combo do Deck.

Pensando em algo a nível de Metagame, esse Deck aqui até que não fica tão ruim para o Cenário, porque tem acesso a monstros excelentes, como Felgrand, Dracossack, Big Eye, Black Rose Dragon, Leo, Star Eater e etc, e é bem semelhante ao que já vemos em Decks com estrutura que gira no entorno de monstros Karakuri, mas também sairia um Deck bem caro, já que esses monstros ai são um pouco salgados, e o jogador teria que ter um bom preparo e um bom Metacall que incluiria uma adaptação mais criticamente analisada e pensada para isso, claro. Mas eu mesmo já consegui bater em alguns Top Tier com esse Deck, de 10 Matchs, venci 7 Matchs e perdi 3, é claro que isso não define meu Deck como bom ou ruim, porque eu teria que exercer um bom tempo de treinamento para defini-lo, e não apenas ganhar alguns duelos por ai no Dueling Network. Vamos lembrar que Olion e Number 42 são cartas OCG, então não dá pra sair jogando IRL por aqui. Mas espero que meu objetivo de mostrar o potencial do Olion seja bem sucedido.

Ah, não esquecendo de lembrar, é possível usar Coach King Giantrainer quando se tem os três Shogun em campo, mas eu mesmo não gosto desse bicho, por desperdiçar três Synchros, então na troca, eu prefiro gerar apenas um +3 e ainda permanecer com os três Synchros, que podem virar um Star Eater ou Felgrand, do que gerar apenas +6 e ficar com um Xyz retardado no campo. Então eu não recomendo muito essa pratica, o +3 está de bom tamanho, pois ainda garantirá uma presença de campo bem forte.

Muito obrigado a todos, abraço e até a próxima.
Felipe Leonel - Kaos

Comentários Facebook
5 Comentários

5 comentários:

Victor Andrade disse...

O post ficou ótimo e de bom tamanho, o que mais me prende no Yu-Gi-Oh são os decks, archetypes e combinações, coisas diferentes sempre serão apoiadas da minha parte. Só uma coisa, essa fonte amarela na descrição do efeito das cartas não ficou muito bom, não sei se é sé pra mim, mas dificulta um pouco a leitura. Vlw e flw!

Porthos disse...

Lindo post.

Lembro quando fazia esse combo na época dos Baby Dragons, fiquei 100-0-0 no DN. Foi lindo. e.e

BTW, pra esse deck em especial, eu gosto de usar Argent Chaos Force pra jogar por cima do Giant Trainer, assim, além de comprar mais uma carta eu ganho um bixo de 3800 ATK que não leva target.

Felipe Leonel disse...

Victor, bom ter avisado, não usarei mais fontes tão claras, assim como você, pode ter outras pessoas que tiveram dificuldade de ler.

E meu caro Porthos, como eu disse, eu preferi deixar o Giant Trainer de fora, mas fica a critério do jogador, querer usar ou não. E bem, eu não sou muito a favor de Rank-Up-Magic, mas pode ser uma boa opção pra não sair tanto na mão.

Anônimo disse...

Faz um deck scrap

Felipe Leonel disse...

Faço sim, aguarde.

Yu-Gi-Hoje!
Design por: Felipe Leonel - Tecnologia do Blogger
Copyright © 2015
Todos os direitos reservados
imagem-logo