quinta-feira, 24 de janeiro de 2013

Deck - Number 92: Heart-EartH Dragon!

Ae pessoal, atendendo ao pedido do Emerson na Cbox, venho trazer a vocês um deck feito especialmente para invocar o Cover Card do Cosmo Blazer, o Number 92: Heart-EartH Dragon. Então antes de mais nada, deem uma olhada no efeito do dito cujo:


Number 92: Heart-eartH Dragon
DARK/Dragon - Xyz - Effect/Rank 9/0/0
3 Level 9 monsters
Cannot be destroyed by battle. Your opponent takes any Battle Damage you would have taken from battles involving this card. During your opponent's End Phase: You can detach 1 Xyz Material from this card; banish all cards that your opponent Normal Summoned, Special Summoned, or Set this turn. If this card is destroyed while it has an Xyz Material: You can Special Summon it from the Graveyard. When you do: It gains 1000 ATK for each card currently banished.

Olhem o efeito dessa criatura e digam se não é uma maravilha. Invencibilidade por batalha, dá dano no oponente, controle de campo absurdo e ainda volta a vida mais forte ainda depois de morto. Quer mais o que? O único e maior defeito do Coração-TerrA (nominho estranho, né?) é sua condição de invocação, que pede 3 monstros de nível 9. Desnecessário dizer que isso passa longe de ser fácil, pelo contrário, é muito difícil, mas podemos contornar esse defeito com certas estratégias que apresentarei mais adiante no deck. Sem mais, fiquem com a decklist!


Deck: Heart-EartH Kuriboh

Monstros:
Winged Kuriboh LV9 x3
Winged Kuriboh x3
Kuriboh x3
Card Car D x2
Thunder King Rai-Oh x2
Maxx "C" x2
Tour Guide From the Underworld x2
Sangan x1
Tragoedia x2
Gorz the Emissary of Darkness x1
Black Luster Soldier - Envoy of the Beginning x1
Chaos Sorcerer x1
Junk Synchron x1
Night Assailant x1
(25)

Spells:
Galaxy Queen's Light x3
Pot of Duality x2
Mystical Space Typhoon x2
Monster Reborn x1
Dark Hole x1
Feelings Towards the Future x2
The Flute of Summoning Kuriboh x3
Hand Destruction x1
(15)

Extra Deck:
Ally of Justice Catastor x1
Armory Arm x1
Shyneet Magician x1
Number 92: Heart-eartH Dragon x2
Superdreadnought Rail Cannon Gustav Max x1
Superdimensional Robot Galaxy Destroyer x1
Number 39: Utopia x1
Maestroke the Symphony Djinn x1
Number 50: Blackship of Corn x1
Leviair the Sea Dragon x1
Number 30: Acid Golem of the Destruction x1
Number 17: Leviathan Dragon x1
Wind-Up Zenmaines x1
Number 9: Dyson Sphere x1

Para quem não conhece...

Winged Kuriboh LV9

Feelings Towards the Future 

Galaxy Queen's Light

The Flute of Summoning Kuriboh



Bem, começo dizendo que esse deck não é novo e eu já até o usei em um desafio Post Seu Deck do 5dsbr, então provavelmente alguns de vocês já terão visto (claro que isso não invalida esse post, afinal aqui eu analisarei o deck por completo). Além disso, é muito importante comentar a ausência de uma carta, o Number 53: Heart-EartH. Muitos consideram o Number 53 uma passagem rápida ao 92, um facilitador de sua invocação e por isso o priorizam quando vão construir um deck para o dragão da terra. Pois eu digo exatamente o contrário: invocar o Number 92 através do 53 não compensa, nem de longe.

Number 53: Heart-EartH
DARK/Fiend-Xyz - Effect-100/100
3 Level 5 monsters
Once per turn, when this card is targeted for an attack: It gains ATK equal to that attacking monster's original ATK, until the End Phase. If this face-up card on the field would be destroyed, you can detach 1 Xyz Material from this card instead. When this card on the field is destroyed by a card effect while it has no Xyz Materials: You can Special Summon 1 "Number 92: Heart-eartH Dragon" from your Extra Deck and attach this card from the Graveyard to it as an Xyz Material. (This Special Summon is treated as an Xyz Summon.)


À primeira vista, usar o 53 como meio de acesso pode não parecer tão ruim. Afinal, sua invocação é 1000 vezes mais fácil e seu efeito também é bom, permitindo-lhe segurar bem as pontas em campo. Todos esses são argumentos válidos, e pode até ser bem legal fazer um deck focado no Heart-EartH versão desinvoluída visto que ele comba muito bem com Safe Zone, mas para fazer um bom uso do 92, ele não presta. E isso porque o efeito de chamar o dragão é extremamente lento. Pensem bem, primeiro você vai ter que se livrar de todos os materiais nele (e olha que eles custam a sair). Depois, torcer para que ele morra por um efeito de carta, o que também pode não acontecer. Resumindo: no tempo gasto para que essa joça morra por efeito sem materiais, você já poderia ter invocado 2 Number 92 do jeito convencional. E ambos viriam com 3 materiais. Pode-se argumentar que existem cartas que facilitam o Upgrade - Limit Reverse é um exemplo, afinal, com ela  o 53 vem ao campo sem materiais e morre por efeito facinho facinho. Ok. Mas mesmo assim, a jogada é lenta e temos que lembrar também que, através desse método, o Dragão só terá 1 material Xyz restringindo MUITO seu uso. Enfim, o objetivo por trás desse textão é simples: se seu objetivo for fazer um bom uso do Number 92, não usem o Number 53 para chamá-lo.

Voltando ao deck, o principal desafio é colocar 3 monstros de nível 9 no campo, coisa que é extremamente complicada de se fazer. No entanto, como vocês devem ter reparado, a build acima usa diversas cartas que facilitam isso. Vejam:


Temos aqui, respectivamente, Feelings Towards the Future (FTF), Winged Kuriboh LV9 (WK9) e Galaxy Queen's Light (GQL). Diria que, entre as três, a mais importante é de longe a terceira, afinal as outras duas são substituíveis, mas ela não é - para quem não sabe, GQL muda o nível de todos os monstros em seu campo para o de um monstro de nível 7 ou maior. Ou seja, tendo algo de nível 9 em campo e mais outros dois bichos quaisquer, conseguimos acesso instantâneo ao 92. E qual seria esse monstro de nível 9? Bem, não são muitas as opções, mas optei nesse deck pelo Winged Kuriboh LV9 por dois motivos: o primeiro, mais importante, é que a invocação dele é extremamente descomplicada: basta fazer uma Chain que ele já aparece no campo na hora. O segundo motivo é mais sutil, e envolve o esquecido efeito do WK9 de banir as Spells que estão na mesma chain que ele. Esse efeito é inútil em 95% dos casos, mas aqui assume uma função interessante que é a de aumentar o ataque do Number 92. Lembram-se do efeito do dragão de ganhar 1000 ATK para cada carta banida? Pois é, o Kuriboh voador o ajuda nesse aspecto. Por fim, temos a Feelings Towards Tomorrow, que aparece mais como uma tech que como parte fundamental do deck. Essa carta ainda pouco conhecida tem o poder de invocar especialmente 3 monstros com níveis diferentes do seu cemitério, porém você deve usá-los para fazer Xyz se não quiser levar 4000 de dano na fuça durante a End-Phase. Desnecessário dizer o quanto ela combina com GQL, fazendo Xyz summons de Rank alto brincando. E não precisamos nem nos preocupar com os níveis diferentes que devem ser invocados, visto que o deck tem um leque enorme de Lvs (1,2,3,4,6,7,8,9,10...)

Admito que já até cogitei tirar FTF do deck pelo fato dela poder se tornar uma bela Dead Draw se vier na hora errada. No entanto, acabei optando por não fazer isso por uma série de razões. Em primeiro lugar, sem ela o Number 92 pode custar muito a vir, afinal não é assim tão fácil ter as condições adequadas para a invocação dele, mesmo nesse deck. Em segundo lugar, nada na carta diz que a Xyz Summon deve ocorrer entre os monstros invocados. Ou seja, tendo FTF e, sei lá, um Sangan na mão, podemos ativar a Spell ara chamr 1 monstros de nível 3 e outros dois bichos quaisquer para fazer Xyz de Zenmaines e deixar os outros dois apodrecendo como escudos. No final das contas, a carta nem é tão Dead assim.


Acho que já deu para entender o jeitão do deck de uma maneira seral, mas ainda resta uma dúvida: para que usar os Kuribohs? \Bem, pode parecer que é somente frescura para deixar o deck 100% Kuriboh themed (visto que já usamos o WK9), mas não é. O importante nesse deck não são nem os Kuribohs em si, mas sim sua Spell de suporte: The Flute of Summoning Kuriboh. A flautinha poderia ser muito bem incluída junto das cartas-chave do deck mais acima, só não fiz isso porque ela não colabora diretamente com a invocação do Number 92.  Sendo bem direto, vamos ver tudo que ela faz no deck, em ordem de importância:

1) É chainavel a praticamente qualquer coisa, facilitando muito a vinda de WK9 e de quebra colocando mais um monstro em campo para um uso rápido de GQL.

2) Dá mais defesa ao deck, tornando Card Car D viável.

3) Acelera o deck de modo geral, fazendo deck thinning e ainda chamando Shyneet Magician rapidinho.

Bacana, né? Flute é uma carta bastante interessante justamente porque é muito simples a quase não tem restrições, podendo assim ser usada para os mais diversos propósitos. Como mostrado na listinha acima, o maior motivo para usá-la aqui é sua "chainabilidade", ajudando o WK9. Mas obviamente, o deck não pode depender somente dela para isso, caso contrário teria consistência 0. Por isso, temos outras Spells que fazem esse serviço (MST e Hand Destruction, a qual acelera o deck e posiciona monstros no cemitério) e também alguns monstros!

TourGuideFromtheUnderworld-CT09-EN-SR-LE

Esses três monstros (que dispensam qualquer apresentação) são os integrantes que contribuem, de algum modo, para as Chains do deck. Vamos começar então pelo mais importante dos três, o Maxx "C". A barata atômica aqui assume uma função importantíssima, pois além de parar SS do oponente e acelerar o deck, ainda faz chains brincando, podendo ser descartada após a ativação de qualquer coisa. Só não uso 3 por falta de espaço. Já Junk Synchon e Tour Guide tem efeitos similares, guardadas as devidas proporções. O que os dois tem em comum é a capacidade de chamar um monstro a mais no momento da invocação, o que é uma dádiva para essa build visto que isso não só começa chains como também permite um uso mais fácil de GQL. Ah, e sobre os alvos para Synchron, temos os Kuribohs e os Maxx "C" que já nos garantem a invocação de Armory Arm ou Catastor.



Falando ligeiramente do Extra, temos algumas cartas que à primeira vista são estranhas? Gustaph Max? Superdimensional Robot Galaxy Destroyer?! Pois é, esses dois caíram bem no deck. Apesar parecer, invocá-los não é impossível - basta ter um Tragoedia no grave junto com dois outros monstros e uma FTD e  GQL na mão que está feita a magia. O mesmo processo feito para invocar o 92 com FTF, basicamente. Shyneet Magician é outra cartinha bem legal, pois é feita facilmente com 2 Kuribohs e pode segurar o jogo por um tempo. Por fim, Dyson Sphere aparece como uma boa alternativa ao dragão coração-terrA.


E para encerrar, temos esses dois, que são as cerejas do bolo. No meio de tantos Kuribohs, Tour Guides e Rai-Ohs acaba-se formando uma consistente base Chaos, que taca o terror no oponente. Vale destacar também que o custo de invocação desses monstros favorece muito o Number 92, afinal ele ganha 1000 pontos de ataque para cada carta banida. Some isso ao efeito de banimento do Winged Kuriboh LV9 que o dragão virá ao campo com uns 4000 ATK sem maiores esforços. Not bad.

Outras boas opções:

Spirit Reaper - Usava na minha build original no lugar de Card Car D. Segura o jogo, hand control, Xyz com outros monstros de nível 3... O de sempre.

Safe Zone - Quer trollar o oponente de vez com o Number 92? Use essa carta!

Waboku/Threatening Roar - Para dar mais seguranã ao invocar o WK9 no turno do oponente.

Forbidden Lance - Mais uma excelente Quick-Play. Falta de espaço mata viu '-'

Dimensional Alchemist - Combina com a plataforma, e ajuda ainda mais o 92. Falta de espaço mata viu ²

Então é isso pessoal, ficamos por aqui. Espero que tenham gostado, e digo que esse deck ainda não é 100% consistente, há muito a ser aprimorado e melhorado. Mesmo assim, espero ter fornecido ao menos uma boa base e ponto de partida para que vocês consigam invocar o Number 92 ^^ 
Comentários Facebook
11 Comentários

11 comentários:

Crabcore V.L disse...

que delicia de deck cara .Esse deck e competitivo ?

BuBa disse...

Olha cara, não muito, ainal é quase impossível fazer um deck competitivo usando o Number 92 (pelo menos por enquanto). É mais para brincar mesmo ^^

Crabcore V.L disse...

acho que a unica forma dele ir para o meta e pelas phamton beastcraft

Tsoko disse...

Legal o deck, gosto de decks assim, bem loucos

Emerson Martins de Deus disse...

Vlw Buba, eu tinha visto uns deck's antes, só que como gosto do Hoje preferi ver que tipo de deck vocês fariam com ele. Mais uma vez obrigado, e prósperidade para o Yu-Gi-Hoje!

Kartoon disse...

Sério cara, adorei esse deck. Mas a melhor coisa é fazer xyz rank 10 usando um tragoedia e 1 kuriboh. \o/

Até agora eu invoquei tudo quando e synchro e xyz, menos o 92, mas vou continuar tentando. xD

Max disse...

cara, quando fui fazer um deck do 92 fiz uma coisa quase igual a essa AEUIAEIAUEI

uma pena que ele é muito ruim '-' parece bom, mas o oponente tira ele tranquilo

Anônimo disse...

ffbgf [url=http://www.drdrebeatsbuycheap.co.uk]dre beats[/url] nvqul http://www.drdrebeatsbuycheap.co.uk rkqio [url=http://www.drdrebeatscheapest.co.uk]cheap beats[/url] gzyaz http://www.drdrebeatscheapest.co.uk sghmo [url=http://www.drdrecheapbeats.co.uk]beats by dre[/url] awwst http://www.drdrecheapbeats.co.uk etrcn [url=http://www.drdreoutletstores.co.uk]beats outlet[/url] ppgqf http://www.drdreoutletstores.co.uk xlabg [url=http://www.drdreheadphonessales.co.uk]beats headphones[/url] rxwer http://www.drdreheadphonessales.co.uk fhfyx [url=http://www.cheapbeatsdrdrestores.co.uk]beats by dre[/url] iiuiz http://www.cheapbeatsdrdrestores.co.uk uwsi

Anônimo disse...

O deck é bom sim, eu testei no DN e consegui fazer o number 92 e o robô lá das galáxia '-'
Eu só trocaria o Thunder King Rai-Oh por outra carta, com Doomcaliber Knight. Porque Thunder King me atrapalhou inúmeras vezes nos duelos.

Anônimo disse...

Você completou alguns bons pontos lá. Eu fiz uma pesquisa sobre o tema e descobriu que a maioria das pessoas terá a mesma opinião com o seu blog.

Anônimo disse...

eu acho ele bom pq eu tenho o numero 53 e o meu deck é de cyber dragao entao fica mais facil de invoca

Yu-Gi-Hoje!
Design por: Felipe Leonel - Tecnologia do Blogger
Copyright © 2015
Todos os direitos reservados
imagem-logo