domingo, 17 de novembro de 2013

Segunda Leva das Tins Negada (Bunilla's Comeback?)

COOOORRE Classe C! Konami revelou os reprints das Tins faltando quase uma semana pro lançamento  (antes tarde do que nunca né gente). Vamos conferir qual vai ser o Tier 2 desse formato e qual será o deck que você finalmente vai poder jogar agora (afinal a gente só sabe isso quando saem os reprints hu3), aproveitando pra dar uma olhada nos meus fofíssimos comentários <3 -sqn




Depois de muita ansiedade (pra alguns hu3), essa semana a Konami finalmente revelou os reprints da segnda leva de tins, e eu como não sou tão preguiçoso a ponto de só copiar e colar, dei um print aí (até porque assim não tem como eles desmentirem as cagadas e bençãos que fizeram) pra vocês verem qual será o destino da economia de vocês, qual será o tier 1 que passará a ser tier 2 nesse formato, com qual deck você vai poder jogar no torneio da Yu-Gi-Padoca: 


Antes de dar minha opinião e também já resumindo um pouco o papo, vamos passar o "Neidômetro" para ver qual a nota que esses reprints merecem.


(clique na imagem para vê-la ampliada, ou a abra em uma nova guia/janela)
A nota foi "Could be better"

Number 88 foi completamente broxante, mas acho que a esta altura do campeonato não tinha muita coisa melhor pra lançar (Harpie Pet Dragon, Quasar, Black Rose, Stardust, Mist Wurm... já deu uma tin só com reprints melhores). Já a RUM eu não sei exatamente o que achar, porque reimprimir nas DUAS tins uma carta recente que absolutamente NINGUÉM a usa fisicamente, que todo mundo se deprimia quando tirava ela como cota foil no Tachyon e que atualmente não gera lucro nenhum pra eles, só significa que a Konami tem interesse nela, e isso não é bom. De duas a uma, ou eles vão lançar um suporte absurdo baseado nela (porque só CXyz absurdos não vão adiantar) fazendo com que todo mundo precise dela para montar tiers 1 a ponto de as impressas no Tachyon não suprirem a demanda (ou seja, um deck muito absurdo pra precisar de um reprint duplo), ou é apenas mais uma tentativa extremamente falha de nos forçar a entrar na onda dos CXyz.

De qualquer forma as duas são ruins porque ou a gente entra em mais uma era de brokens dominante ou perdemos 2 espaços valiosos de reprints, mas se bem que pode haver uma terceira opção razoável (não estou mai 100% pessimista) que seriam alguns futuros arquetipos BONS baseados ou suportados por essa estratégia e aí um reprint agora se veria necessário para suprir as demandas futuras. De resto os reprints estão ótimos, lindos, se no lugar desses 3 (por enquanto) tivessem coisas mais esperadas estariam perfeitos, porque o que não vier aí, vai vir no Batle Pack 2 que com apenas 5 revelações consegue tirar lágrimas de felicidade dos seus olhos.

Por enquanto o que eu tenho a falar das tins é só isso (tem que esperar mais um pouco pra ver), tenho um outro recado pra vocês. Como agora eu finalmente estou de férias, provavelmente meu ritmo de posts vai aumentar nesses meses, e possivelmente (não estou prometendo nada) essa semana eu termino aquele encosto daquele post continuação que eu to devendo pra vocês. Antes de dar tchau e pedir comentários, vou pedir a opinião de vocês para os meus próximos posts, vocês preferem meus posts assim, mais curtinhos e resumidos, ou preferem os meus dossiês mesmo? (até porque se eu for fazer deck profile vai dar 10 kg de texto mesmo) Postem nos comentários o que vocês preferem. E é isso pessoal, mesmo com algumas turbulências e alguns membros se ausentando um pouco, estamos aí firmes e fortes fazendo o que gostamos, não vão se livrar da gente tão cedo (tudo isso vale individualmente pra mim também).  É isso a gente, não deixem de comentar como sempre e até mais.
Comentários Facebook
5 Comentários

5 comentários:

Mike disse...

LoloLOL... xorei com esse Neidômetro ;>
Realmente.. o Number 88 foi totalmente brochante.. tapa buraco mais tosco possível. Bem estou sem comprar cards desde que a ultima ban list saiu e baniu a metade da minha ultima compra, dependendo de como for a ban de janeiro eu compro 2x Dire Wolf e faço um deck thunder com 3x Sea Horse, ou talvez um Geargia Karakuri ou Gadget control--- ah num sei.. tudo vai depender da ban.
Pessoalmente prefiro post curtos e periódicos, mas posts longos e caprichados são excelentes também!

BRZEXAL disse...

Só não vou gastar com essas latas porque estou muito paupérrimo e preciso comprar um Nintendo 3DS no final deste mês!

Vampire Killer disse...

Cade o resultado do card maker?

Bruno Gutierres disse...

@Mike: Obrigado por ter comentado, é muito gratificante ver essa interação com os leitores, ainda mais depois do trabalho que dá fazer essas montagens.

@Vampire Killer: INFILIX!!! VAI PERGUNTAR ISSO NO POST DO CM! Tá pensando que Yu-Gi-Hoje é bagunça?

ksfire disse...

A Rank-up Barian Force é pra equilibrar com a Rank-up Astral Force (que vai sair), não é eficiente equilibrar com a Rank-up Numeron Force.

Claro, isso se a estratégia de "rank upar os XYZ" da Konami der algum resultado (oque não parece que vai acontecer, visto pelos meus testes com Battlin Boxer Rank-up).

Meu palpite forte é que eles querem lançar o mais rápido possível novos Accel Synchros, mas eles precisam deixar os XYZ equilibrados com os Synchros primeiro antes de fazer esse absurdo, como fizeram com os XYZ durante a primeira metade da era Zexal ao adicionar os Numbers. Porém os XYZ ainda são muito mais fracos que os Accel Synchros existentes (comparativamente falando, e não em questão de decks e suportes), então não tem condição de lançar mais.

Yu-Gi-Hoje!
Design por: Felipe Leonel - Tecnologia do Blogger
Copyright © 2015
Todos os direitos reservados
imagem-logo