segunda-feira, 4 de novembro de 2013

Lightsworn, o Retorno.



Fala galera, eu sou o Wanderley Cristante (mas podem me chamar de WC) e sou o novo redator do Yu-Gi-Hoje.
A principio, o Buba me contratou (rs) para substituir o Rick e postar sobre o universo competitivo do jogo,  mas também pretendo ajudar em outras categorias do blog principalmente em analises de novas cartas, combos e decks. Também já conversei com o Buba e pretendo “reviver” algumas seções esquecidas do blog, eu to com um projeto grande para "cartas que contam histórias". Aguardem !
Para minha primeira postagem, eu vou falar dos novos lightsworns e as mudanças que eles proporcionaram na jogabilidade do deck.


Primeiro vamos conhecer esses novos membros da família LS.

Minerva, Lightsworn Maiden

"When this card is Normal Summoned: Add 1 LIGHT Dragon-Type monster from your Deck to your hand whose Level is less than or equal to the number of  "Lightsworn" monsters with different names in your Graveyard. When this card is sent from your hand or Deck to the Graveyard: Send the top card of your Deck to the Graveyard. During each of your End Phases: Send the top 2 cards of your Deck to the Graveyard. You must control this face-up card to activate and to resolve this effect."

A caçula, tem um efeito legal quando é normal summon que pode te dar um Judgement dragon na mão, mas até que você tenha oito lightsworns com o nome diferente no cemitério pode demorar um pouco. E também é muito melhor gastar seu normal summon com uma Lumina ou com uma Lyla. 
Mas é possível usar esse efeito em algumas variações com eclypse wyvern e até mesmo em decks chaos dragon buscando o lightspulsar.
Quando ela é enviada da mão ou do deck para o cemitério você tomba (vou usar esse termo quando me referir ao milhagem dos LS pq quando eu uso essa palavra milhagem eu lembro de milho e começo a rir sozinho) uma carta a mais.
Opa! Comba perfeitamente com a lumina, solar recharge e beckoning light e também com a dinâmica de todos os LS. Pode ser apenas uma carta, mas ajuda e muito a acelerar o deck, ainda mais se por sorte a carta tombada for um Wolf.
Na end tombe duas cartas do deck se você controla-la face-up. Normal, estranho seria se ela não fizesse isso KKKK.

Raiden, Lightsworn Assailant

"You can send the top 2 cards of your Deck to the Graveyard, and if you do, if there is a "Lightsworn" monster among those cards, this card gains 200 ATK until your opponent's End Phase. You can only use this effect of "Raiden, Lightsworn Assailant" once per turn. During each of your End Phases: Send the top 2 cards of your Deck to the Graveyard. You must control this face-up card to activate and to resolve this effect."

Raiden da uma velocidade ainda maior que minerva.
Com ele é possível tombar quatro cartas do deck.
Seu primeiro efeito, ignition, te permite tombar duas cartas. Se pelo menos uma delas for um LS ele ganha 200 de atk até a end do oponente (é sempre bom ter um bater com 1900 de atk).
Por ser tuner, Raiden te da acesso fácil a synchros de nível 7 e 8 (veremos adiante) e XYZ rank 4 como starliege paladinamo (não tem coisa melhor do que negar o efeito do dracossack com esse cara *.*).

Michael, Lightsworn Lord

"1 Tuner + 1 or more non-Tuner LIGHT monsters
Once per 
turn: You can pay 1000 Life Points, then target  1 card on the field; banish that target face-up. When this card is destroyed: You can target any number of "Lightsworn" monsters in your Graveyard, except "Michael, Lightsworn Lord"; shuffle all of them into the Deck, and if you do, gain 300 Life Points for each. During each of your End Phases: Send the top 3 cards of your Deck to the Graveyard. This card must be face-up on the field to activate and to resolve this effect."

O novo boss monster dos lightsworn. Michael, o domador de judgement dragons kkkkkk.
Tem um efeito semelhante ao seu bichinho de estimação.
Por pagar 1000 pontos de vida, remova uma carta face-up no campo. Um efeito destruidor que te ajuda a se livrar de cartas chatas como zenmaines e dracossack (sim, eu odeio esse bicho).
Quando destruído, você pode escolher um numero qualquer de LS no seu cemitério e embaralhe-os no seu deck. Se fizer isso, ganhe 300 de vida para cada carta retornada por esse efeito. Nada mais justo. Ajuda a recuperar a vida que você pagou para ativar seu efeito.
Na end, tombe 3 cartas.


Depois das apresentações, vamos ao deck.



Essa é o deck que eu estou usando atualmente no YGPro (por favor, ignorem o side).

Com esses três novos membros, o deck passa a ter mais uma força, os Synchros.
Graças a Raiden e Minerva, é fácil fazer synchros de nivel 7 (Michael, black rose, scred wyvern) e 8 (stardust, scrap dragon, crimson blader) e até nível 11 (star eater)
Minerva é mais eficiente nos synchros de nível 7, mas para isso é preciso que haja um nível 4 no campo, por isso eu acho ela menos eficiente que Raiden. Dá até para usa-la junto com a lumina, mas depois que brionac foi banido não tem nenhum outro synchro nível 6 decente. Nesse caso é melhor fazer um XYZ rank 3, de preferencia zenmaines.
Raiden fica com os synchros nível 8. Com seu primeiro efeito se por acaso você tombar um Wolf, é um synchro nível 8 ou um XYZ rank 4 com apenas uma carta.
Ele é ainda melhor se usado em conjunto com a Lumina, o que te garante um Michael fácil no campo.
Se você quiser partir para uma postura mais agressiva, o deck conta com os 3 JD e 2 Lgt Gearfried. Que te ajudam na hora de secar recursos do oponente e dar aquele OTK bonito.


Agora falando sobre o meta.
Eu estou jogando com o deck a mais de um mês no YGPro.
Em média meus resultados foram:

VS Dragon Rulers plat e variantes:
Para superar esse deck do capeta, você precisa ser mais rápido que ele. Nos dois primeiros turnos, tente mandar os LS o mais rápido para o grave, para poder chamar o JD ou o Lgt Gearfried e acabar com a vida do oponente.
(o recalque do seu dracossack bate no meu michael e é removido de jogo).
Se ele conseguir usar um Big eye efetivo no seu JD é gg.

VS Dragunitys e Variantes:
Enfrentar um Stardust com o JD é sempre chato, ainda mais se o oponente usar alguma coisa para se defender do seu ataque.
Siga a dinâmica de secar recursos.
Nesse caso o ideal é usar Michael e em seguida JD.

Vs Evilswarm:
Ophion impede OTKs e também que o JD limpe o campo.
Um paladinamo usado na hora certa pode garantir a vitoria.

VS Bujins:
Sempre contra eles você vai enfrentar apenas um monstros e umas 2/3 set cards.
Black rose limpa o campo e JD termina o serviço. (pode fazer sem medo, o deck não oferece proteção contra destruição em massa).

VS Noble Knight:
O deck do momento. Mas ainda não tem como saber se ele vai vingar no meta.
Enfrentei alguns e perdi pois não sabia os efeitos, então não consegui destruir/negar a carta certa.
Posso dizer que potencial não falta, mas analisando as partidas em que joguei, para ganhar deles tente se defender dos atks com Gardna e Honest. Encaixe um Michael na hora certa e vença (nenhuma das espadinhas oferece proteção contra remoção).

VS Mermail:
Só uma coisa a dizer. JD tem 3000 de atk e abyssgayos tem 2800.
Abyss- sphare nao é nada enquanto você tiver bastante vida.

Outros decks:
Resumidamente. Defende, defende e ataca.
Tenha sorte na hora de tombar as cartas. (Ex: se as 3 solar recharge caírem no cemitério ao mesmo tempo de quit na partida).
Ainda falando em SRecharge, duas dela ativadas no mesmo turno é praticamente gg a seu favor.


Comentários finais:
O deck tem muito potencial para bater de frente com os outros decks metas (nada que se compare a era de ouro dos LS com 3x charge e 3x honest. Só quem jogou contra sabe).
Mas ainda falta alguma carta para o tema decolar mais uma vez. Quem sabe um buscador (já que charge está limitada e eu sempre acabo tombando ela), alguma coisa tipo, "Se essa carta é destruída por batalha e enviada ao cemitério; envia duas cartas do topo do seu deck para o cemitério. Se fizer isso, adicione um "Lightsworn" do seu deck para sua mão". Já ajuda.
Na V-jump de fevereiro de 2014 vai vir um novo LS, podemos esperar alguma coisa dele.
Outro ponto fraco do deck é veiler. Uma veiller que você leva na Lumina ou no Raidem atrasa muito as jogadas, visto que a sua mão fica sempre cheia de monstros de nível alto ou nível 4 que não podem te ajudar caso você não consiga uma boa presença de campo (e isso acontece em 80% das open hands, sem contar nos Wolfs travando a mão).

Em termos técnicos. Se nas duas primeiras rodadas você não conseguir colocar pelo menos 15 cartas do seu deck no cemitério, provavelmente você vai perder esse duelo.


É isso ai, espero que tenham gostado.
Essa é minha primeira postagem, então eu preciso da opinião de vocês para melhorar.
Abrs e T+



Comentários Facebook
15 Comentários

15 comentários:

Anônimo disse...

muito bom o post e bem vindo ao blog!!

Anônimo disse...

gostei do post, parabéns a quem fez

Kartoon disse...

Alguns termos que você pode tentar usar no lugar de "tombar", pois os lightsworn ainda não são patrimônios históricos:

Dar mill

Millar

Mandar ao grave

Bater-as-botas

Ir para sete palmos debaixo da terra

Partir desta para melhor

Conversar com o Sangan, etc...

Bom post, só precisa pegar umas dicas de formatação com os cara. =p

Emerson Martins de Deus disse...

Eu avisei '-' #Zoa

Seja bem vindo ao blog e que fique aqui por muito tempo ^^

Anônimo disse...

Otima análise. Mas no caso dos nobles, excaliburn da proteção contra o Michael não?!

Anônimo disse...

Sim, mas voce pode remover a excaliburn ou destiny, etc.... Se conseguir invocar 2 michael já é praticamente um GG. Não ataque, vai removendo até o oponente ficar sem backrow. Depois já era.
E rank 3 bom pros Lightsworn é o Alucard, pra destruir set cards.
Ótima análise.

LG disse...

Para primeira postagem você foi bem cara, só precisa de dicas de formatação mesmo e redução do internetes.

Gostei muito do estilo que vc coloca nos posts, de confrontar contra decks do momento, isso é muito legal, a análise das cartas separado também ficou legal, o post ficou bom para quem tá começando.

Só que eu tenho que falar sobre a decklist, discutir um pouco sobre o deck também, claro, cada um tem seu estilo e opção de deck:

3 Raiden e 1 Minerva: Acho minerva MUITO BOA, um desperdício usar apenas 1, e o raiden não é tão necessário assim colocar a 3, pois se ele vem sem a lumina, é um jain com alcance menor de atk e com um bonus de ser tuner, e mais nada. 2 minerva e 2 raiden nos meus testes, que foram muitos, ficou mais equilibrado.

Senti falta de Trooper no deck, staple. E bockoning é ótima, mas vc precisa ter uma garantia de mill absurdo, para quando ela virar, vc tá com mão de OTK setando os JDs em campo, ela é um quase td ou nada enquanto, monster reincarnation é muito mais eficaz por via das dúvidas, mas como falei, é estilo de cada um. Não sei porque, mas não consigo mais usar o ryko, no cemitério é só mais um LS, n dá para fazer mt coisa revivendo com a lumina, se o seu oponente sabe que é LS, setou uma carta, é o ryko, previsível, além de ser contornável também por causa dessa previsibilidade.

Dos Lightray, eu uso muito o daedalus, nada contra o gearfried, que para mim é o melhor deles pelo efeito, apesar da invocação complicada, mas o deadalus é sensacional num formato onde DR usa e abusa de ravine. Daedalus com seu efeito coloca ravine e os tokens do ssack p fora de jogo por exemplo, deixando-o imune a qualquer coisa, outros decks chatos e que comumente pegamos como GK e DW também abusam de field, Prophecy e madolches são outros exemplos, então custo-beneficio eu acho melhor o daedalus.

E tá vindo um LS novo na próxima VJump, deve ser um level 2 ou 1, não acho que seja bonzinho não, mas vamos ver como vai ser.

E essa six senth rapaz, ela só ajuda. HAUHAUAH

[A.C] Sir Viridius disse...

Quanto a noble knight, realmente nenhuma oferece proteção contra remoção, mas seria uma pena se... a Noble Arms Excalibur torna-se o NK equipado inalvejavel (sim, um NK equipado com a Excalibur não pode ser alvo de nenhum efeito oponente)

tecnoligias disse...

mt bom post. LS FODAAHHH *--*
sei pq esta raiva de dracossack (rsrsrsrssr)
e o bujin não tem proteção contra destruição em massa ainda =D

Anônimo disse...

qual é o nome do synchro que parece que tem uma artwork com fogo e gelo? qual level? tentei achar mais n consegui!

Wanderley Cristante disse...

Vlw gente, e só esclarecendo algumas coisas.
Eu expliquei o motivo de usar o termo "tombar" e tbm pq eu nao gosto desses estrangeirismos, eu nunca sei se to escrevendo certo e pra nao passar vergonha nem tento escrever.

realmente eu nao sei como apagar esses links da internet...

sobre o deck,: eu prefiro 3 raidem por proporcionar 4 cartas de uma vez no grave e por isso substitui o trooper. a minerva nao me agradou muito, e tbm raiden e warrior, para usar o eff do Greafield.

mas pretendo testar todas essa dicas

Vlws povo =D

Wanderley Cristante disse...

e anonimo das 23:47, o nome do syncro é armades e é nivel 5

Anônimo disse...

wc, seja bem vindo!!


curti muito seu post, e acho bem dahora deichar os links

curti o seu humor e o jeito q vc abordou os LS(os buba pira)

falaram q ta bom pra iniciante, mas vc ja deichou muito redator 'renomado' no chinelo, sem puxasao de saco, mas tu mandou bem cara!

(falta pouquissimo pra vc chegar ao nivel do falecido Rikc(melhor bloguer de ygo q conheço)(q Deus o tenha), mas eh pouco msm)

parabens, saja bem vindo e que fiquei mais tempo q o falecido



aproposito, nao va estudar em uma federal, ok?

Emerson Martins de Deus disse...

@Wanderley: Acho que com "internetes" o LG quis dizer para não usar tantos termos como "kkkkkkk" e talz, que são palavras que não existem oficialmente.

Max disse...

experimente um LS com base no garoth e a minerva =D

gostei do post cara, espero te ver mais vezes por aqui \o

Yu-Gi-Hoje!
Design por: Felipe Leonel - Tecnologia do Blogger
Copyright © 2015
Todos os direitos reservados
imagem-logo